Amaranto, seus benefícios e como utilizá-lo

O amaranto é conhecido como um pseudocereal. A semente, quando aquecida, estoura como pipoca e está sendo utilizada para a criação de barras de cereais, granolas, pães, bolachas e saladas. A idéia é introduzir a semente em alimentos para os quais o paladar do brasileiro já está acostumado.

Além disso, é bastante nutritivo e um excelente redutor de níveis de colesterol plasmático devido a sua parte protéica, de alto valor biológico, que quando digerida, inibe a enzima responsável pela produção de colesterol no organismo.

O amaranto é ainda uma boa fonte de fibras (15g em 1 ½ colher de sopa), fósforo, zinco e cálcio biodisponível, ou seja, pronto para ser absorvido pelo corpo.

Outra vantagem desse alimento, é que também não contem glúten ou outros compostos alergênicos, tornando-o uma boa opção para os celíacos (pessoas com intolerância ao glúten).

O amaranto em flocos pode ser consumido junto com frutas picadas ou amassadas, vitaminas, sucos, sopas e também em preparações doces e salgadas.